11 junho 2014

O que eu quero.



No momento não quero grandes coisas, não quero muitas coisas. O que quero é muito simples, tão simples que talvez ninguém acredite.

Eu quero acordar cedo e ver o sol nascer, os pássaros cantarem, sentir a brisa, escutar o barulho das ondas. Eu quero ter mais tempo para fazer as coisas que gosto, ler um bom livro, escutar uma boa música, correr, tocar violão, assistir algum filme. Eu quero poder andar na rua sem ser julgada, cantar sem que ninguém reclame. Eu quero me alimentar bem para ter saúde e não para que digam que estou fazendo dieta. Eu quero gritar para aliviar todas as dores e os sofrimentos da vida. Eu quero ser feliz, e que a felicidade seja algo de extraordinário e constante em minha vida e na vida das pessoas que me rodeiam.

Quero, viajar o mundo. Quero, um riso belo e seguro. Quero ir a praia no verão. Quero te encher de paixão. Quero um lindo pôr do sol em plena segunda-feira. Quero ir a um luau. Quero dançar, pular. Quero sonhar.  Garçom! Um pouco de paz  e mais amor por favor.