10 abril 2014

Ainda bem que eu não dei ...


Autor(a): Daniela Mel
Edição: 1
Editora: Matrix Editora
Ano: 2013
Páginas: 168

Sinopse: 
Com um talento especial para transformar sua busca por um cara legal (que geralmente acaba em roubada) em textos irreverentes, diferenciados e cheios de vida, Daniela faz seu desabafo particular. Impossível não se identificar com as suas histórias, suas ideias, seus pitacos. Este é um livro sobre encontros e desencontros no mundo contemporâneo. Com humor, Daniela fala sem medo e sem vergonha sobre situações que acontecem com muitas pessoas. Uma lição de vida para quem acha que isso é papo de mulherzinha. Você vai se surpreender.

Resenha: Daniela Mel consegue escrever sobre a realidade dos relacionamentos com humor e ousadia. Impossível alguém não se identificar com suas poesias que mais parecem música. 
O livro é desenvolvido em torno dos relacionamentos amorosos e nos tipos de pessoas que
os compõe. Nele você encontrará, por exemplo, algumas poesias sobre os tipos de mulheres (alface, rúcula, quiabo) e homens (satélite, mosca e PF), além disso também verá poesias sobre as mais diversas formas de relacionamentos. 
Uma verdadeira obra prima sobre os relacionamentos, durante a leitura consegui identificar várias pessoas que conheço dentro dos poemas e poesias da autora. Um ponto que não me agradou muito foi a presença de algumas palavras baixas- mas entendo seu emprego no livro. A diagramação do livro é muito fofinha, e segue o mesmo padrão durante todo a obra. A leitura do livro é bem tranquila, dá para ler de uma vez só.