22 setembro 2012

A Escolha

Autor: Nicholas Sparks
Edição: 1°

Editora: Novo Conceito
Ano: 2012
Páginas: 303

Sinopse: Travis Parker possui tudo o que um homem poderia ter: a profissão que desejava, amigos leais, e uma linda casa beira-mar na pequena cidade de Beaufort, Carolina do Norte. Com uma vida boa, seus relacionamentos amorosos são apenas passageiros e para ele, isso é o suficiente. Até o dia em que sua nova vizinha, Gabby, aparece na porta. Apesar de suas tentativas de ser gentil, a ruiva atraente parece ter raiva dele. Ainda sim, Travis não consegue evitar se engraçar com Gabby e seus esforços persistentes o levam a uma jornada que ninguém poderia prever. Abrangendo os anos agitados do primeiro amor, casamento e família, A Escolha nos faz confrontar a questão mais cruel de todas: Até onde você iria manter o amor de sua vida?


Resenha: Nicholas Sparks sempre me da um certo medo de ler seus livros e não ter o tão sonhado final feliz, dessa vez ele me surpreendeu um pouco mais, mudando um pouco o rumo de suas estórias.
           Travis e Gabby tem tipo que um amor a primeira vista, ela vai reclamar com ele e acaba se apaixonando e aceitando sair com ele e seus amigos. Gabby conhece a irmã de Travis que acaba empurrando ela para cima dele. Depois de um tempo Gabby toma sua primeira decisão e escolhe ficar com Travis, porém acontece algo horrível que poderia acabar com a vida dos dois.
           O livro é dividido em duas partes, uma antes e outra depois.
         A pergunta feita na capa do livro é respondida lá para a segunda parte, essa é a única parte emocionante do livro, ela é respondida de uma maneira linda, que faz qualquer um chorar um pouquinho que seja.
           Aprende-se no livro que as vezes uma só escolha pode salvar a vida da pessoa que você mais ama, mesmo que essa escolha seja contra a dela.
           Em certos momentos do livro fiquei procurando aquele autor que me fez chorar horrores nos seus outros livros, felizmente, ou não, eu não o encontrei. 
        Achei que o livro fugiu um pouco do que eu esperava, quando comecei a ler estava simplesmente apaixonada pela leitura, depois que passou da segunda parte do livro eu passei a ler meio que apuso. Gostei do fim, mas não foi aquela coisa toda de morrer de chorar ou morrer de felicidade, somente gostei do livro.
          Se dependesse da primeira parte da obra eu teria com certeza colocado ele nos meus livros favoritos, porém como disse antes a segunda parte me decepcionou totalmente.
Indico o livro para 
           A diagramação do livro é linda com letras em tamanho bom, folhas grandes e do jeito "Novo Conceito" de fazer o tipo de folha.